<$BlogRSDUrl$>

sábado, julho 31, 2004

Vencemos mas...

Apesar da vitória de ontem à noite desconfio cada vez mais do sistema táctico de Del Neri. Para o treinador azul e branco o meio campo limita-se à existência de dois trincos que não desempenham qualquer tipo de função na construção do ataque. Para o italiano os dois elementos centrocampistas nasceram para defender. O circuito preferêncial deste Porto desloca-se portanto do meio campo de Mourinho para as alas. No entanto, este novo estilo é bastante mais previsível. Logo que a defesa recupera a bola só pensa em colocá-la nos extremos. Quando isto não acontece a defesa bombeia a bola directamente para os atacantes. Os trincos quase nunca avançam no terreno pois existem fundamentalmente para fazer as dobras dos laterais quando estes sobem para criarem mais uma linha de passe para os extremos. É um sistema bastante rígido que não aprecia a circulação da bola apostando, ao invés, num futebol mais rápido e directo. Sendo assim pode-se legitimamente perguntar onde jogará o Diego ou o Carlos Alberto. Isto porque não há dúvida que os centrocampistas criativos estão em maus lençóis com Del Neri. Onde colocar Diego a jogar? Como segundo ponta de lança quando ele é tipicamente um organizador de jogo como o Deco? Parece-me que tornar o centro do meio campo numa área ocupada por jogadores predominantemente defensivos vai contra a marca genética do F.C. Porto que sempre gostou de jogar com um criativo no meio campo a armar jogo. Enfim, espero que a chegada do Maniche e do Costinha venham melhorar alguns aspectos.
Comments:

sexta-feira, julho 30, 2004

Chegou o craque

diego
Comments:

quarta-feira, julho 28, 2004

Dúvidas

Resolvida a ressaca da derrota no Euro luso, é tempo de voltar a teclar... E as alegrias não são muitas a olhar para o sistema táctico de Del Neri. Ainda pode ser cedo para falar, mas há muitas razões para augurar um desastre iminente. Fica claro que o treinador italiano não conhecia o modelo de jogo da equipa portista, liderada por José Mourinho. Ou se conhecia, ignora-o deliberadamente. Chegou às cegas, de olhos vendados, teimosamente decidido a implantar, por força e até contra a capacidade e a riqueza do plantel, um sistema com um meio-campo fraco e sem o maestro nº10 (então, para quê contratar o brasileiro Diego?). O jogo do F.C. Porto torna-se demasiado previsível e a equipa muito vulnerável às investidas ao opositor. Na verdade, é um início de época atípico por causa do Euro. Ainda não foi possível trabalhar com todo o plantel (e, o mais certo, com os reais titulares). Por isso mesmo, parece-me que seria um sinal de maior inteligência de Del Neri não tentar introduzir tamanhas revoluções no sistema táctico da equipa. Seria mais fácil aproveitar o trabalho já feito e corrigir as imperfeições. É que já começou a contagem decrescente para o primeiro teste a sério de Del Neri: a Supertaça.
PS: Há jogadores que nem precisam de teste: Areias (por falta de qualidade) e Ibarra (por falta de motivação) não têm lugar no FC Porto.
PS2: Partiu o genial Ricardo Carvalho e, para calar o sofrimento, só mesmo outro central gigante como Dellas. Espero que vista azul e branco...

Comments:

segunda-feira, julho 26, 2004

Retomar de actividade

Depois duma pausa um pouco prolongada aqui estamos nós de novo para comentar a actualidade desportiva. Parece-me que o F.C. do Porto, apesar das saídas de P. Ferreira e Deco, tem uma equipa bastante forte. Resta agora saber se Del Neri tem talento para a fazer jogar como equipa. A nossa defesa continua a ser fantástica: Seitaridis, Jorge Costa, Ricardo Carvalho e Nuno Valente dão imensas garantias. O meio campo também é muito forte. Costinha e Maniche no miolo, Quaresma na direita e talvez Derlei na esquerda. Na frente Postiga e Benni. É claro que Maciel e Rossato também poderão fazer o lado esquerdo passando a dupla atacante a ser constituída, desta maneira, por Postiga e Derlei. As peças já estão arrumadas segundo o 4-4-2 de Del Neri. Vamos lá ver se este sistema táctico é a melhor opção. Pela minha parte prefiro o 4-3-3 pois parece-me que garante maior consistência ao meio campo. Os dados estão lançados...

Comments:

quarta-feira, julho 07, 2004

Contabilidade final

Tabela do campeonato:
1º Pedro - 28 pontos / 30 jogos
2º Carla - 23 pontos / 30 jogos
3º Nuno - 22 pontos / 25 jogos
4º Furball - 17 pontos / 18 jogos
5º Aníbal Letra - 15 pontos / 18 jogos
6º Margarida - 10 pontos / 23 jogos
7º Apre - 8 pontos / 10 jogos
8º Engenheiro - 6 pontos / 7 jogos
9º José da Silva Pereira - 4 pontos / 6 jogos
10º Fernando Monteiro - 2 pontos / 4 jogos
11º Cafajeste - 0 pontos / 2 jogos
Comments:

sábado, julho 03, 2004

Mais uma vez entre os melhores

O F.C. Porto está entre as 30 melhores marcas futebolísticas da Europa. Estamos na 27ª posição numa lista liderada pelo Man Utd seguida pelo Real Madrid. De resto, somos a única equipa portuguesa a aparecer no estudo da empresa "Future Brand". Para chegar a estes resultados entraram no estudo determinadas variáveis como o número de adeptos do clube, os lucros obtidos com os jogos em casa, as estrelas de cada equipa e as prestações desportivas.
Comments:
A incompetência dos dirigentes sportinguistas

A direcção do Sporting, com Dias da Cunha à cabeça, é terrivelmente incompetente e depois ainda atira "bocas" contra o F.C. Porto. Se o Paulo Assunção está do lado de cá é só porque no F.C. Porto trabalham verdadeiros profissionais que não se compadecem com os amadorismos do lado de Alvalade. Rui Alves, presidente do Nacional, conta hoje ao "O Jogo" a forma como o jogador mudou do verde para o azul. É realmente incrível a forma como a direcção leonina trabalha. No fim da entrevista diz o presidente do Nacional, "Sou muito amigo de Dias da Cunha, mas ele infelizmente não percebe nada de futebol e, se quiser ser campeão, terá de se rodear de pessoas que percebam." Vão ao "O Jogo" e leiam.

Comments:

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter